Fotos

COMPAZ-LD
CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA DE PAZ
 
PROGRAMAÇÃO:
 
PRÉ- CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA DE PAZ
  • DATA: 25 de abril de 2018 QUARTA
  • HORÁRIO: 14h as 17:00h; Avaliação das Ações 2016-2018
  • LOCAL: SINCOVAL Rua Gov. Parigot de Souza, 220 (em frente à Câmara) - Londrina - Paraná
 
6ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA DE PAZ
  • DATA: 30 de maio de 2018 QUARTA
  • HORÁRIO: 14h as 17:00h; Apresentação do Documento com dos Resultado das Ações 2016-2018 e às 15:00 h a Eleição Conselheiros.
  • LOCAL: SINCOVAL Rua Gov. Parigot de Souza, 220 (em frente à Câmara) - Londrina - Paraná
 
PRÉ-CONFERÊNCIA 25/abril/2018 (roteiro)
Somos um Movimento Pela Paz e Não-Violência que atua em Londrina há 18 ANOS.
 
Um “Modelo Municipal de Trabalho” em prol da Construção da Cultura de Paz, criado pela Sociedade Civil, e que tem parceria com os Poderes Públicos e Empresas.
O Movimento tem como princípio a Educação para Paz, para a Sustentabilidade, para Cidadania Global, é um movimento positivo, inspirador, inovador que aglutina pessoas, grupos, empresas e faz conexões com governo municipal, estadual e federal em ações em prol de uma Cultura de Paz. Faz isto de forma muito espontânea, mas ao mesmo tempo, formalizado, um “modelo municipal” de atuação proativa em favor dos ODS/ONU, e nos ensina como se pode “aprender a educar para a paz”.  Nós acreditamos na força da cooperação e do comunitário, estamos juntos neste esforço para construir um mundo melhor, com esperança, com paz e harmonia.
O COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz
 
Lei no10.388, de 19 de dezembro de 2007.

SÚMULA: Cria o Conselho Municipal da Cultura de Paz- COMPAZ-LD  e  dá outras providências.
 
Art. 1º Fica criado o Conselho Municipal da Cultura de Paz - COMPAZ-LD, que tem por finalidade a promoção da Cultura e Educação para a Paz, buscando promover a paz em todas as suas dimensões, individual, coletiva, social e ambiental, sendo ele transpartidário, transreligioso e transdisciplinar.
 
Art. 2º Compete ao Conselho Municipal da Cultura de Paz - COMPAZ-LD, a formulação, coordenação, supervisão e avaliação da política voltada a ações pela cultura e educação para a paz, mediante as seguintes atribuições:
I - promover e implementar processo de Cultura e Educação para a Paz no Município;
II - formular diretrizes e sugerir a promoção de atividades que visem às manifestações da comunidade em geral e parlamentares pela paz, bem como tomar medidas efetivas na busca deste mesmo objetivo nos cenários sócio-econômicos, político, jurídico, filosófico, religioso, educacional e cultural;
III - auxiliar o poder público municipal e a sociedade civil organizada a desenvolver suas atividades a respeito da Cultura e Educação para a Paz;
IV- assessorar o Legislativo, emitindo pareceres e acompanhando a execução de ações parlamentares em questões relativas às manifestações da comunidade pela cultura e Educação pela Paz;
V - desenvolver estudos, projetos, fóruns apropriados, debates e pesquisas relativos à elaboração de ideias comprometidos com a Cultura e Educação para a Paz no Município;
VI - desenvolver projetos próprios que promovam a participação de toda a sociedade a favor dos ideais de que trata esta resolução, bem como promover entendimentos e intercâmbios com organizações governamentais e não-governamentais, empresariais, movimentos sociais, nacionais e internacionais, pelos mesmos ideais;
VII - propor mecanismos legais que permitam a institucionalização da promoção e defesa da Cultura e Educação pela Paz e do exercício da cidadania como missão primordial do poder público municipal;
VIII - manter intercâmbio e cooperação com as entidades e órgãos públicos ou privados, nacionais e/ou internacionais de defesa da cultura e educação para a Paz, respeitando as suas diferenças;
IX -  estimular e promover programas educativos para a conscientização sobre a Cultura e Educação pela Paz; e
 X -   elaborar o seu regimento interno.
 
Algumas das Políticas Públicas e realizações do Movimento Pela Paz até 2017, onde o COMPAZ é o grande articulador com todas as instituições que o compõe.
  • 9º Abraço no Lago (do lago é o maior abraço pela Paz do País) e apoio e participação e muitos outros abraços regionais em Londrina totalizando. No Dia do Desafio muitas escolas fizeram Abraços pela Paz, foi centenas
  • 17ª Semana Municipal da Paz
  • 15º Livro Londrina Pazeando e realização de Noites de Autógrafos
  • 5 Gibis com Personagens do Movimento, mostrando como aprendemos fazendo
  • 13ª Noite de Cultura de Paz,
  • 1º Festival de Música de Cultura de Paz
  • 6º Embaixadores de Paz,
  • 7º ACAMPAZ Acampamento pela Paz,
  • 4º Manifesto pela Paz com destruição de armas de brinquedo
  • 7º Abraço Grátis
  • 7ª Entrega do SELO “arma não é brinquedo” em Parceria com Câmara Municipal de Prefeitura de Londrina (inspirando criação da Lei em outros Estados e em trâmite no Congresso/Lei Federal)
  • Parceiros do Movimento em Londrina para Implementação da Justiça Restaurativa do Tribunal de Justiça do Paraná, e Práticas Restaurativas,
  • 9 anos de COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz de Londrina (o único que está em sua 5ª Diretoria). TODAS AS QUARTAS nos reunimos.
  • Membro Fundador da Rede Desarma Brasil (luta pelo controle de armas e munições no Brasil)
  • 6 Cursos de Educação para Paz
  • 10ª Edição do Movimento por uma Mídia de Paz
  • Mural Móvel da Paz
  • 1º Jogo Pazeando para Celular Androide, PC, iPhone, iPod, Tablet
  • Canais no You Tube com Reportagens e Documentários que produzimos,  fruto de nossas ações, bem como canal com Palestras
  • Palestras em Escolas sobre Educação para Paz
  • Parceria com Associação Médica na implementação do Grupo de Diálogo Inter Religioso de Londrina.
  • Apoio e participação no HU/UEL nos (10º) Manifestos Paz pela morte por bala perdida de uma Técnica de Enfermagem.
  • Criação da Rede de Paz de Londrina - organizações que trabalham com Construção de Cultura de Paz (yoga, meditação, terapias comunitárias, danças circulares entre outras.
  • Estruturação da oficina e jogo TRILHA DA PAZ com o DADO de Cultura de Paz/ Manifesto 2000 ONU/UNESCO.
 
OUTRAS SUGESTÔES:
 
Encontro Nacional de Conselhos Municipais de Pais – Rede Cidades da Paz.
Participar do Fórum dos Conselhos Municipais
Considerar a Festa das Nações Lusófonas como um da ações do conselho