Home Apresentação

REDE Movimento pela Paz e Não-Violência

REDE Movimento pela Paz e Não-Violência

Cultura de Paz e os Objetivos do Milenio

O Movimento Pela Paz e Não-Violência, mais conhecido como Londrina Pazeando, é uma organização que foi criada para desenvolver uma Cultura de Paz e Não-Violência. É uma instituição sem fins lucrativos com independência administrativa e financeira, como organização da sociedade civil de interesse público, regendo-se por um estatuto baseado na lei federal nº 9.790/99 e decreto federal nº 3.100/99 - OSCIP.

alt

MISSÃO, VISÃO E VALORES

A missão do Londrina Pazeando é contribuir para a construção de uma cultura de paz e não-violência no município de Londrina, por meio da mobilização das pessoas ligadas às organizações do terceiro setor, às empresas e ao Estado, para que todos possam viver em paz e harmonia plena.

 

Já a sua visão é a da construção de uma sociedade, onde a cultura seja de paz e não-violência; e os conflitos sejam resolvidos de forma pacífica, a exemplo dos heróis pacifistas.

 

O Movimento pela Paz e Não-Violência de Londrina tem como princípio o conceito de não-violência, ensinado e vivenciado por Gandhi e pelos heróis pacifistas.

 

São seus valores 

alt

Valorização dos direitos humanos 

Respeito e amor ao próximo

Cultura da não-violência ativa

A verdade sempre

Diálogo entre as diferenças

Educação para valores humanos

Ética e transparência nas ações.

 

Apresentação do movimento

Cresce em nossa sociedade a consciência de que estamos inseridos em uma Cultura de Violência, em suas mais variadas faces.
Nunca houve tanto contraste, tanta exclusão social e tanta pluralidade de idéias. Mas quais são as origens desta cultura de violência? Porque com tantos conhecimento e recursos tecnológicos e a sociedade sofre com esta tensão constante onde cada um se sente ameaçado. Um planeta que começa a entender que a extinção da espécie humana é uma possibilidade,  que o aquecimento global pede cautela e mudança de hábitos, que devemos buscar o desenvolvimento sim, mas SUSTENTÁVEL.

alt

Diante deste quadro vem a questão de como podemos buscar a Paz e harmonia individual e coletiva. A história da humanidade é uma historia de lutas de guerras. Temos uma cultura de violência herdada de nossos antepassados.

Mas a história da humanidade também é a história de homens e mulheres que mostraram através de uma vivência pessoal como é possível desenvolver uma Cultura de Paz. Mostraram e vivenciaram a solidariedade, e como as "lutas" individuais e de grupos podem gerar a Paz, nós os chamamos de pacifistas. Muitos dizem que são seres especiais, porque ousaram propor e sonhar com um mundo sem violência. Eles nos mostraram caminhos e modos de vida podem nos levar a esta Cultura de Paz.

alt

alt

Entre estes grandes HERÓIS PACIFISTAS, podemos destacar alguns como, Francisco de Assis, Marter Luter King, Stive Bico, Madre Tereza de Caucutá, Chico Xavier, Sai Baba, Albert Einsten, Jesus Cristo e Gandhi. Temos em Gandhi o conceito de Não-Violência. Não-violência é diferente de ser contra a violência é o - ahinsa"- "a" significa não e - hinsa palavra sanscrita que significa ódio, raiva, vingança, dor, ira. ...ahinsa é brandura, compaixão. Gandhi entendeu e vivenciou os ensinamentos do Cristo, levando a liberdade mais de 350 milhões de indianos do domínio Inglês propondo a "lutas" sem violência.

O Movimento pela Paz e não violência, em Londrina tem como principio este conceito de Não-Violência, conforme o Gandhi, e os pacifistas nos mostraram.

Com a preocupação de prover um movimento na cidade de Londrina, que entendesse e estudasse caminhos para Paz, um grupo de pessoas, através do vereador André Vargas, propôs a câmara municipal de Londrina, e esta aprovou com unanimidade a Lei nº 8.437, de 26 de junho de 2001, que institui, no calendário de comemorações oficiais do Município de Londrina, a Semana da Paz: Art. lº Passa a fazer parte do calendário de comemorações oficiais do Município de Londrina a Semana da Paz, que deverá realizar-se na semana em que se inicia a primavera e visará à promoção da educação para a paz.... 

alt

Cronologia da História do Movimento pela Paz e Não-violência em Londrina e Região.

Em 2001 foi organizada a 1º semana da Paz de Londrina, de uma forma ainda bastante modesta. Já em 2002 uma comissão organizadora foi nomeada pelo prefeito municipal ( conforme Lei Municipal)  e a segunda semana da Paz de Londrina foi realizada com maior intensidade.

Fundada em 2002, por José Orlando Rodrigues em Londrina a Unipaz Londrina , passou junto com outras pessoas a fazer parte da 2° comissão organizadora (conforme Lei Municipal)  da Semana Municipal da Paz  de Londrina, nomedada pelo prefeito.   ***veja também Unipaz Brasil

Através da organização não-governamental Unipaz Londrina , a Secretaria Municipal de Cultura, repassou recuros da Lei de Incentivo à Cultura para organização da 2° Semana Municipal de Paz. A comissão organizadoras buscou a assessoria da  ONG internacional  MovPaz fundada por Clovis Nunes em Feira de Santana Ba , que ajudou a comissão  a organizar a Primeira Caminhada pela Paz no Município, bem como trouxe a idéia de produção de textos e desenhos com alunos de escolas públicas e particulares, como estratégia para fomentar a proposta de Educar para Paz.. Através da experiência do MovPaz foi proposto também ao município um acréscimo a Lei Municipal que criou a Semana Municipal de Paz. Este adendo veio através da Lei nº 8.891, de 10 de setembro de 2002, que acrescenta artigo à Lei Municipal nº 8.437, de 26 de junho de 2001, que instituiu aSemana da Paz, criando o Dia Municipal da Paz.


Em 30 outubro de 2002 foi fundado o grupo MovPaz Londrina, inspirado pelo MovPaz de Feira de Santana., entretanto para faciliatar os trabalhos na cidade e a descentralização nas decisões dos rumos do movimento, bem como visando facilitar o organização das atividades, no diz respeito ao relacionamento com os órgão públicos municipais,  em 30 de maio de 2003 , o MovPaz  Londrina desliga-se do MovPaz de Feira de Santana, juridicamente, criando sua própria razão social e CNPJ como "Movimento Pela Paz e Não-Violência" e nome fantasia "Londrina Pazeando", obtendo  a qualificaçãode OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público.

Desde então a ONG Londrina Pazeando, junto com a comissão organizadora das Semanas Municipais da Paz, realizou vários atividades na cidade, propondo para o ano de 2003 a 1° Coletânea (e 2004 a 2º Coletanea  etc) de textos para produção de um livro com o tema: "Idéias dos estudantes de Londrina para Construção de uma Cultura de Paz". Mandamos para UNESCO  o projeto e obtivemos o apoio institucional desta instituição que trabalha como organização mundial para Construção de uma Cultura de Paz mundial.

ANO de 2001:

- Lei criando a Semana da Paz em Londrina, na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito municipal.

- Realização da 1ª Semana da Paz, pela comissão oragizadora que tinha como um dos membros uma assessora do  verreador que criou a Lei.

ANO de 2002:
 

- Lei criando o Dia Municipal da Paz em Londrina;
- Realização da 2ª Semana da Paz (ato religioso, exposição de painéis das escolas, meses redondas);
- Fundada por  José Orlando Rodrigues  a UNIPAZ LONDRINA - Universidade Holística da Paz em Londrina, A Unipaz Londrina, faz parte junto com a comissão organizadora da semana municipal da paz nomeada pelo prefeito. A comissão organizadora organização da 2º semana municipal da paz recebe, através da organização não-governamental,  da secretaria municipal de cultura recursos da Lei de Incentivo á cultura para este feito.
- Realização da 1ª Caminhada Pela Paz (pré-caminhadas nos bairros com alunos do ensino fundamental);

- 30 outubro de 2002 foi fundação o grupo MovPaz Londrina, inspirado pelo MovPaz de Feira de Santana.


ANO de 2003:

-30 de maio de 2003 o MovPaz  Londrina desliga-se do MovPaz de Feira de Santana, juridicamente, criando sua própria razão social e CNPJ como Movimento Pela Paz e Não-Violência e nome fantasia Londrina Pazeando. 
- Realizada a 1ª Coletânea de textos para produção de um livro com o tema: "Idéias dos estudantes de Londrina para a Construção da Paz". Lançado o Gibi "uma turminha pela Paz"
- Comissão Organizadora: Londrina Pazeando, Instituto de Educação Igapó, Secretarias Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Cultura, Núcleo Regional de Educação, SINEPE - Sindicato das Escolas Particulares de Londrina, Universidade Estadual de Londrina, sindicato dos jornalistas,Instituto de Educação Igapó
- Realizada a 2ª Caminhada Pela Paz em setembro 2003;
- Atos pela Paz com palestras e manifestações populares;
- Participou juntamente com o Conselho Municipal de Trânsito de Londrina da Campanha/03: "Paz no Trânsito". Blitz   educativas, Palestras, outros eventos.

ANO de 2004:

- Março Ato Pela Paz: Desarmamento Infantil. Local Casa do Caminho de Londrina rua Paul Harris - aeroporto
- Abril  Esteve em a Londrina, a convite da organização, o presidente da ONG do Rio Grande do Sul, Marcelo Rezende Guimarães, o primeiro pedagogo a realizar no Brasil um doutorado em Cultura de Paz. Na oportunidade foi fechado acordo para realização de um curso de Educação para Paz com uma turma de 35 alunos.
- Junho É realizado em Londrina, o Curso de educação para Paz de 40 hs. e participação de 40 pessoas representando as escolas municipais, estaduais e particulares; ONGs, Polícia Militar e diretores do Londrina Pazeando. Deste encontro saiu a AGENDA 39 - uma proposta de trinta e nove pontos a serem trabalhados no município de Londrina, visando a construção da Cultura de Paz.
- Agosto Segunda ás 19hs no IEEL rua Brasil 1047 esq Alagoas reunião mensal grupo multiplicadores para a cultura de Paz. TEMA: Oficina 1 - Trabalhando violência no meio escolar. Facilitadora Lucy Mara Conceiçã.
-setembro - Quarta ás 19hs às 20:30 hs no IEEL rua Brasil 1047 esq Alagoas reunião mensal grupo multiplicadores para a cultura de Paz. TEMA: Oficina 2 - A não-violência: histórico, metodologia e caminhos. Facilitadora Ariana Bazzano de Oliveira.
de 20 a 2 6 de setembro 4º SEMANA DA PAZ de Londrina
21 de setembro o DIA INTERNACIONAL DA PAZ.Resolução nº 36/67da Assembléia Geral da ONU aprovou a celebração, a partir de 2003.

ANO de  2005 

- 9 de agosto de 2005 assinado convenio de cooperação entre a diretoria da ONG Londrina Pazeando e algumas empresas, que passaou a denominar-se "Empresas e instituições amigas da cultura da paz"

VEJA O QUE FIZEMOS ... são reportagens na imprensa escrita TVs e rádio ( de 2002 até os dias atuais)

ANO DE 2008

Criação de COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz e criação do site Mídia de Paz Paraná. O site  é fruto de um trabalho coletivo e integrado de várias instituições de Londrina interessadas em dar visibilidade a todas as “boas práticas” e  iniciativas de cidadãos, ONGs, universidades, faculdades, programas governamentais, programas de responsabilidade social de organizações empresariais,  que contribuam para construção de uma Cultura de Paz e Não-Violência em nossa sociedade.Pretende-se que o site, ao longo do tempo, se torne um portal compondo um grande banco de releases para os diversos veículos de comunicação locais e regionais. É objetivo do projeto servir de inspiração para as pautas para a imprensa de forma geral. Se você tem um projeto para divulgar? Envie seu release e fotos para nosso e-mail  
VEJA  O  SITE  www.midiadepazparana.org.br